segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Pernil com Molho de Abacaxi


pernil
Pernil com molho de abacaxi: imperdível





Ingredientes

. 250 ml de suco de abacaxi
. 10 dentes de alho
. 2 folhas de louro
. 1 colher (sopa) de tempero pronto
. Sal e pimenta a gosto
. 5 fatias de bacon
. 8 ameixas-pretas
. 1 pernil de 2,5 quilos
. 1 colher (sobremesa) rasa de farinha de trigo

Modo de preparo

1. Prepare o tempero: no copo do liquidificador, coloque o suco de abacaxi, o alho, o louro, o tempero pronto, o sal, a pimenta e bata.

2. Desligue e coloque em um refratário.

3. Acrescente o bacon frito levemente e as ameixas.

4. Prepare o pernil: coloque o pernil em um refratário e faça furos sobre ele com uma faca.

5. Regue-o com o tempero.

6. Coloque pedaços de bacon e ameixa dentro dos furos.

7. Cubra com papel-alumínio e deixe-o no tempero de um dia para o outro ou por, no mínimo, 2 horas.

8. A seguir, leve ao forno coberto com o papel por 2 a 3 horas.

9. Prepare o molho: numa panela, coloque o caldo do cozimento e 1 colher (sobremesa) rasa de farinha de trigo. Deixe engrossar e sirva com o pernil.

Dica: sirva com batata-doce frita, passada no queijo ralado, e fatias de abacaxi.

Foto: Ormuzd Alves
Tipo de prato: Prato principal
Preparo: Demorado (acima de 45 minutos)
Rendimento: 10 porções
Dificuldade: Médio
Categoria: Carne
Calorias: 407 por porção
Fonte -  http://mdemulher.abril.com.br/culinaria/receitas/receita-de-pernil-molho-abacaxi-543937.shtml

domingo, 30 de dezembro de 2012

Salada de Lentilha


Salada morna de lentilha: especial para o ano novo






O ingrediente da sorte para a ceia de Ano Novo.
Use louro e cebola para temperar esta salada morna de lentilha e receba muitos elogios!

Ingredientes

. 3 cravos
. 1 cebola inteira
. 1 xícara (chá) de lentilhas
. 1 folha de louro
. 1 colher (chá) de sal
. 2 colheres (sopa) de azeite
. 2 colheres (sopa) de vinagre
. 2 dentes de alho picados
. 1 xícara (chá) de cebola picada
. 2 colheres (sopa) de salsinha picada
. 2 colheres (sopa) de cebolinha picada
. 1 xícara (chá) de pimentão picado

Modo de preparo 

1. Espete os cravos na cebola inteira e ponha em uma panela.

2. Junte as lentilhas e o louro, adicione a água fria até a metade da panela e tempere com o sal.

3. Cozinhe em fogo baixo até as lentilhas ficarem macias, porém firmes.

4. Escorra e retire a folha de louro e a cebola.

5. Transfira as lentilhas para uma tigela.

6. À parte, misture os ingredientes restantes e incorpore-os à lentilha. Sirva a seguir.

Dica: experimente cozinhar a lentilha com pau de canela ou polvilhar canela em pó.

Fonte - http://mdemulher.abril.com.br/culinaria/receitas/receita-de-salada-lentilha-legumes-703750.shtml
Foto: Mauro Holanda
Tipo de prato: Entrada
Preparo: Rápido (até 30 minutos)
Rendimento: 6 porções
Dificuldade: Fácil
Categoria: Salada
Calorias: 131 por porção

sábado, 29 de dezembro de 2012

Nhoque de Semolina

Nhoque de semolina
Nhoque de semolina: com um toque de noz-moscada



Ingredientes:

. 5 xícaras de leite
. 6 colheres (sopa) de manteiga
. 1/2 colher (chá) de noz-moscada
. Sal e pimenta-do-reino a gosto
. 1 1/4 de xícara de semolina
. 4 gemas
. Óleo (para untar)
. 1 xícara de parmesão ralado

Modo de preparo:

Reserve duas colheres (sopa) de leite. Coloque o restante do leite numa panela e leve ao fogo médio até aquecer. Antes de ferver, junte quatro colheres (sopa) de manteiga, a noz-moscada, uma pitada de sal e pimenta-do-reino. Acrescente a semolina e misture vigorosamente. Cozinhe, mexendo sempre, até ferver e se soltar do fundo da panela. Dissolva as gemas nas duas colheres (sopa) de leite reservadas e junte à mistura de semolina. Misture rapidamente. Aqueça o forno em temperatura alta. Unte uma superfície lisa com óleo e sobre ela despeje a massa do nhoque. Espalhe até obter a espessura de 1 cm. Deixe esfriar. Com o cortador, corte círculos do nhoque e arrume-os em um refratário untado com manteiga. Por cima distribua a manteiga restante e polvilhe com o parmesão. Leve ao forno por 30 minutos ou até dourar a superfície. Sirva.


Conteúdo DELÍCIAS DA CALU
Foto: Ormuzd Alves
Tipo de prato: Prato principal
Preparo: Médio (de 30 a 45 minutos)
Rendimento: 6 porções
Dificuldade: Médio
Categoria: Massa
Calorias: 536 por porção
Fonte-http://mdemulher.abril.com.br

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Rio Branco-AC

Aniversário da cidade - 28 de dezembro.


bandeira Acre
Bandeira do Acre
Capital do estado do Acre, é uma cidade eclética na mistura de seu povo, suas crenças e seus costumes. Sofreu forte influência indígena e nordestina durante o processo de povoamento, o que resultou em um povo extremamente hospitaleiro. Visitar Rio Branco é conhecer sua história, o folclore, o jeito especial de ser de seu povo e ficar encantado com o rico artesanato, os pratos típicos e os doces caseiros, além das saborosas frutas regionais. É a marca do passado que encanta o presente. Rio Branco oferece várias opções de lazer, com bons hotéis,restaurante de comidas típicas regionais, locadoras, agências de viagem, diversos bares e boates, cinemas, lojas de artesanato e galerias comerciais.
 

 

 
Por ser uma região de muitos rios e lagos, o Acre tem o peixe como um ingrediente importante na sua culinária regional. Entre as espécies mais apreciadas, estão o filhote, o tambaqui e o Pirarucu. Uma receita tradicional na região Norte, principalmente em Manaus, o pirarucu à casaca também é muito apreciado no Acre, que faz a pesca manejada do peixe. Na receita original, o pirarucu e os demais ingredientes são dispostos em camadas, sendo uma delas de farinha d’água. A receita a seguir é uma adaptação, feita pelo restaurante Ofélia Food, para agradar também aos clientes que não podem comer farinha. 
 
 Pirarucu à Casaca
 
 

 
Ingredientes:

1 colher de manteiga

2 colheres de sopa de alho batido no liquidificador

2 cebolas picadas

10 pimentinhas de cheiro

1 colher de sopa de colorau

Modo de fazer:

Coloque todos esses ingredientes em uma panela, refogando bem até fritar a cebola. Depois, acrescente o pirarucu, já escaldado para a retirada do sal e desfiado. Acrescente uva passa à gosto, e duas bananas fritas cortadas em cubos. Sirva com arroz branco.

Dica: Se você preferir pode seguir a receita tradicional. Ao invés de misturar todos os ingredientes na panela vá colocando em um pirex, alternando as camadas. Primeiro forre a travessa com bananas fritas, cortadas em fatias. Depois coloque o pirarucu refogado com a cebola e os demais temperos, uma camada fina de farinha d’água. Repita os ingredientes até finalizar com as bananas. 
 
Fonte -www.ac.gov.br
 




 
 
 
 

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Tender na Cachaça com Frutas Grelhadas

Tender na cachaça com frutas grelhadas: carne macia que dá água na boca!





Ingredientes

. 1 tender defumado
. 3 cravos-da-índia
. 1 xícara (chá) de suco de abacaxi
. 1 xícara (chá) de cachaça de boa qualidade
. 1 abacaxi pequeno cortado em cubos
. 2 mangas cortadas em cubos pequenos
. 1 pedaço de canela em pau
. 6 colheres (sopa) de açúcar mascavo
. 1/2 xícara (chá) de vinagre branco
. 1 abacaxi
. 2 mangas
. 1 caixa de figos
. 50 g de manteiga

Modo de preparo

1. Com a ponta da faca, faça pequenos cortes sobre a superfície do tender, formando losangos.

2. Em cada junção, espete um cravo-da-índia.

3. Em uma assadeira, coloque o tender e regue com o suco de abacaxi e a cachaça.

4. Cubra com papel-alumínio e deixe marinar por 1 hora na geladeira.

5. Em seguida, asse de acordo com as instruções da embalagem, regando de vez em quando com a marinada.

6. Prepare a geleia de frutas: em uma panela, misture o abacaxi, a manga, a canela, os cravos, o açúcar mascavo e o vinagre.

7. Cozinhe no fogo brando durante 40 minutos ou até as frutas ficarem bem macias. Reserve.

8. Prepare as frutas grelhadas: descasque e corte o abacaxi em triângulos.

9. Descasque as mangas e corte em fatias médias.

10. Lave bem os figos e corte em quatro.

11. Em uma grelha antiaderente, derreta aos poucos a manteiga e grelhe as frutas.

12. Na hora de servir, fatie o tender. Ao redor, distribua as frutas e sirva a geleia.

Foto: Ormuzd Alves
Tipo de prato: Prato principal
Preparo: Demorado (acima de 45 minutos)
Rendimento: 6 porções
Dificuldade: Médio
Categoria: Carne
Calorias: 553 por porção
Fonte -  http://mdemulher.abril.com.br

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Quindim à Moda do Reino




A Tirolez resgatou a essência do Queijo Reino, um queijo brasileiro que foi desenvolvido no Rastro do Queijo Edam, que ao tempo do Brasil colônia chegava do Reino de Portugal acondicionado em latas esféricas, para que suportasse os rigores da viagem nas caravelas portuguesas.

Ele era uma exclusividade que a sociedade daquela época presenteava aos amigos com os melhores augúrios e sorte na vida.

Sua elevada qualidade propiciou à Tirolez, por três vezes consecutivas (2008, 2009 e 2010) o 1º Prêmio nos Congressos Laticinistas de Minas Gerais (EPAMG).

Quindim à moda do Reino



Ingredientes:
- 10 gemas de ovo (200 g)
- 2 xícaras (chá) de Queijo tipo Reino Tirolez ralado (220 g)
- 1 xícara (chá) de leite (200 ml)
- 1 ½ xícara (chá) de açúcar (240 g)
- 3 colheres (sopa) de Manteiga sem sal Tirolez (39 g)

Modo de Preparar:

Passe as gemas por uma peneira e misture-as delicadamente com o queijo, o leite e 1 ¼ xícara (chá) de açúcar (200 g) até obter uma mistura homogênea.
Unte forminhas pequenas de quindim (2,5 cm de base x 4,5 cm de largura x 1,4 cm de altura) com a manteiga e o restante do açúcar. Despeje a mistura sobre as forminhas, enchendo-as até o topo, e leve para assar em banho-maria, em forno pré-aquecido (160 °C), por 50 minutos, ou até que, ao espetar um palito, este saia limpo.
Vire os quindins mornos delicadamente sobre um prato para desenformá-los. Sirva ainda morno ou, se preferir, leve à geladeira e conserve-o tampado por até 3 dias.

Tempo de Preparo: 15 minutos

Rendimento: cerca de 30 quindins

Dica:
- É importante não desenformar o quindim quente, pois ele pode quebrar, nem frio, pois ele pode ficar preso na forma; - Se preferir, faça um quindão em uma forma de pudim pequena (diâmetro de 18,5 cm).
Fonte - http://www.tirolez.com/novo/pt-receitas_interna.asp?cd_receita=169


   

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Bolo de Fubá de Natal

É uma grande honra, publicar aqui, no meu blog, uma receita da Neide Rigo. Sempre dou uma passadinha no blog dela e, acreditem,  é um verdadeiro deleite!

Bolo de fubá de Natal
Bolo de Fubá de Natal


Ingredientes 

Para o bolo 

2 xícaras (chá) de fubá de milho branco
2 xícaras (chá) de leite (ou água)
2 xícaras (chá) de açúcar
1 pitada de sal
1 xícara (chá) de óleo (ou manteiga)
4 ovos separados (separar as gemas das claras)
1 colh (sopa) de fermento químico em pó
raspas de 1 laranja e de 2 limões tahiti
1 e 1/2 xícaras (chá) de frutas secas misturadas: frutas cristalizadas picadas, uvas-passas brancas e pretas polvilhadas com 1/4 de xícara (chá) de fubá de milho branco (assim polvilhadas, elas não afundam na massa)
manteiga para untar e fubá de milho branco para polvilhar a forma

Para a decoração:

1 xícara (chá) de açúcar de confeiteiro
2 a 3 colh (sopa) de suco de limão
se precisar, consulte o conversor de medidas
(*) Essas quantidades podem ser divididas por 2, sem prejuízo do resultado

Modo de preparo 

1. Numa panela, coloque o fubá, o leite, 1 e 1/2 xícaras de açúcar, o sal e o óleo. Leve ao fogo, mexendo sempre, até engrossar.
2. Abaixe o fogo e deixe cozinhar, mexendo sempre, por 10 minutos. Deixe esfriar bem.
3. Junte as gemas à panela com essa polenta doce já fria, e bata bem (se quiser, use a batedeira).
4. Junte o fermento e as raspas e misture bem mas com delicadeza para homogeneizar.
5. À parte, bata as claras em neve. Junte o açúcar restante (1/2 xícara) e bata bem até formar um merengue firme.
6. Despeje um pouco das claras sobre a polenta fria e misture.
7. Agora,despeje todo o conteúdo da panela sobre o restante das claras em neve e misture delicadamente.
8. Junte as frutas polvilhadas e misture com cuidado.
9. Coloque a massa em duas formas médias de buraco no meio, untadas e enfarinhadas e leve para assar em forno médio pré-aquecido, por cerca de 40 minutos, ou até que a superfície esteja dourada e o bolo soltando das bordas.
10. Se preferir, use forminhas menores, como pequenas marmitas. Quanto menor for a forma, mais uniforme será o cozimento e menor o risco de o bolo desabar, pois sua estrutura é frágil. E não abra a porta do forno enquanto o bolo está assando.
11. Desenforme enquanto o bolo ainda está morno e deixe esfriar sobre uma grade.
12. Para decorar, misture o açúcar de confeiteiro e o suco de limão, formando um glacê leve e fino. Coloque sobre a superfície do bolo e decore com frutas secas.

Dica 

1. O fubá branco pode ser comprado em mercados municipais. Se não encontrar, procure por farinha para acaçá em lojas de artigos para umbanda. Também é um fubá de milho branco. Os dois vão dar certo.

2. Esta receita, por não levar farinha de trigo, não contem glúten.

3. Para quem quer evitar ingredientes lácteos, a substituição de leite por água não influencia no bom resultado da preparação.


Tempo de Preparo -Médio - 1h e 20min
Rendimento - 20 porções
Dificuldade de preparo-Médio
Custo aproximado-Médio
Utensílios-
2 formas médias com furo no centro ou
4 a 6 formas menores redondas (como pequenas marmitas)
Imagem: Neide Rigo (Blog come-se)

Fonte - http://come-se.blogspot.com.br/
Fonte - http://basilico.uol.com.br/1143-receitas-BOLO-DE-FUBA-DE-NATAL





Natal-RN

Aniversário da cidade - 25 de dezembro.

bandeira Rio Grande do Norte
Bandeira do Rio Grande do Norte
Os 400 quilômetros de costa de Natal e arredores, emoldurados por dunas, recifes, falésias e piscinas naturais, fazem da capital do Rio Grande do Norte um dos destinos mais procurados do país. Junte-se a tudo isso passeios de bugue, rústicas vilas de pescadores, natureza preservada, noite agitada e sol quase todos os dias do ano. Resumo: férias perfeitas!

Genipabu: Dromedários conduzem visitantes pelas dunas<br>
Genipabu: Dromedários conduzem visitantes pelas dunas

Ao Norte, os destaques são as dunas de Genipabu e as lagoas de Jacumã e Pitangui

Natal foi fundada pelos portugueses no século 16, com a construção do Forte dos Reis Magos. A fortaleza, com formato semelhante ao de uma estrela de cinco pontas, é um dos principais cartões-postais da cidade. Além de guardar canhões e muitas histórias, descortina uma bela vista das praias urbanas da capital potiguar.

A mais procurada é Ponta Negra, concorrida durante o dia em função de seus quiosques; e badalada quando o sol se põe por reunir alguns dos melhores bares e restaurantes locais. Em muitos deles, o cardápio é repleto de delícias típicas da culinária regional à base de frutos do mar, carne-de-sol, feijão verde, arroz-de-leite...

O dia começa cedo em Natal. A primeira providência é alugar um carro - de preferência um bugue, o meio de transporte oficial para circular pela capital e arredores. Seguindo para o litoral Norte, os destaques são as dunas de Genipabu e as lagoas de Jacumã e Pitangui, onde são praticados o esquibunda e o aerobunda. Ao Sul, as tranquilas praias da região levam à vila de Pipa, a 90 quilômetros.

Quando o assunto é compras, os mercados de artesanato espalhados por Natal oferecem peças em madeira, tecido e vidro. No Centro de Turismo, um casarão onde funcionou a cadeia pública, os destaques são os delicados bordados em renda de labirinto e os coloridos trabalhos em cerâmica.
Foto: Embratur
Fonte - http://www.feriasbrasil.com.br/

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Biscoito de Gengibre: Crocante e Delicioso!


Biscoito de gengibre
Biscoito de Gengibre: Crocante e Delicioso!




Ingredientes

. 1 xícara (chá) de amido de milho
. 2 xícaras (chá) de farinha de trigo
. 1 xícara (chá) de açúcar
. 2 colheres (chá) de bicarbonato de sódio
. 1 colher (chá) de canela em pó
. 1/2 colher (chá) de sal
. Gengibre ralado a gosto
. 1 1/2 xícara (chá) de margarina
. 1/2 xícara (chá) de açúcar de confeiteiro

Modo de preparo

1. Junte todos os ingredientes e misture bem.

2. Trabalhe a massa com a ponta dos dedos até obter uma consistência firme.

3. Faça biscoitos pequenos e corte-os com cortador de biscoitos no formato que desejar (estrelas, corações etc).

4. Arrume em uma assadeira untada e asse em forno moderado por 35 minutos. Passe no açúcar de confeiteiro e sirva em seguida.

Foto: Dulla
Tipo de prato: Acompanhamento
Preparo: Médio (de 30 a 45 minutos)
Rendimento: 60 porções
Dificuldade: Fácil
Categoria: Biscoito e bolacha
Calorias: 64 por porção
Fonte -http://mdemulher.abril.com.br/culinaria/fotos/especiais/bolachas-biscoitinhos-natal-receitas-enfeitar-mesa-presentear-720987.shtml#3

domingo, 23 de dezembro de 2012

Bolo de Chocolate com Frutas

Dica da Nigella para o Natal: bolo de chocolate com frutas




Ingredientes:
350g ameixas secas cortadas
250g passas
125g corinto (um tipo de uva)
175g manteiga sem sal, amolecida
175g açúcar mascavo
175ml mel
125ml licor de café
suco de 2 laranjas
2 colheres (sopa) de cacau
3 ovos batidos
150g de farinha de trigo
75g de amêndoas
½ colher (chá) de fermento em pó
½ colher (chá) de bicarbonato de sódio

Para decoração:
25g de confeitos de café cobertos de chocolate
Glitter comestível
Bolinhas douradas
Estrelinhas douradas comestíveis


Modo de preparo
Pré-aqueça o forno a 150 ºC;
Coloque as frutas, manteiga, açúcar, mel, licor de café, suco de laranja, cacau em uma panela grande; Aqueça a mistura até que ela ferva, mexendo-a enquanto a manteiga derrete. Deixe a mistura ferver por dez minutos. Retire a panela do fogo e deixe repousar por 30 minutos;
Após 30 minutos, a mistura vai ter esfriado. Adicione os ovos, a farinha, as amêndoas trituradas, o fermento em pó e o bicarbonato de sódio, e misture bem com uma colher de pau ou espátula até que os ingredientes se misturem;
Cuidadosamente derrame a mistura do fruitcake na forma de bolo. Leve o bolo ao forno para assar durante 1 hora e meia a 2 horas, ou até o topo do bolo ficar firme;
Tire do forno e espere o bolo esfriar para tirá-lo da forma;
Para decorar, coloque o confeito de chocolate e café no centro do bolo e distribua as estrelas douradas ao redor. Em seguida, espalhe algumas bolinhas douradas e glitter comestível.

Fonte-http://gnt.globo.com/receitas/Natal-da-Nigella--Bolo-de-chocolate-com-frutas.shtml

sábado, 22 de dezembro de 2012

Edam



O Edam é um queijo produzido com leite pasteurizado de vaca, de massa semi-cozida e prensado em forma esférica de aproximadamente 1,8 Kg. Sua maturação é feita em câmara refrigerada seca e leva de 4 a 6 semanas.

Oferece ao término deste período um sabor frutado e franco, muito aromático e um pouco picante. Olhaduras esparsas do tamanho de uma avelã conferem apelo irresistível ao consumo (appetite appeal), quando exposto no supermercado.

O Edam é um queijo tipicamente de mesa (os de maturação longa - até 18 meses - podem ser ralados) sendo recomendado para o consumo puro, em tábuas de queijo ("plateau de fromages") e festas de queijos e vinhos.

Pode-se degustá-lo acompanhado de uva tipo Itália, maçã e pêra d´água. Recomenda-se para ele vinho branco frutado (Riesling ou Asti).

Fonte-http://www.tirolez.com/novo/pt-produtos_queijos-especiais-edam.asp

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Cheesecake de Doce de Leite

Cheesecake de doce de leite
Cheesecake de doce de leite: feita no liquidificador



Ingredientes:

. 100 g de biscoito maisena
. 2 colheres (sopa) de manteiga
. 2 embalagens de cream cheese
. 4 ovos
. 1 lata de creme de leite sem soro
. 200 g de doce de leite cremoso

Modo de preparo:

No liquidificador triture o biscoito até formar uma farinha. Transfira para uma tigela e misture a manteiga até formar uma farofa.
Com esta farofa forre o fundo de uma forma de 22 cm de diâmetro com aro removível. Reserve. No liquidificador, bata o cream cheese, os ovos e o creme de leite. Despeje sobre a massa e por cima distribua o doce de leite em colheradas. Asse no forno preaquecido a 200 °C durante 1 hora ou até dourar. Deixe esfriar e desenforme.

Fonte-http://mdemulher.abril.com.br

Foto: Ormuzd Alves
Tipo de prato: Sobremesa
Preparo: Rápido (até 30 minutos)
Rendimento: 10 porções
Dificuldade: Médio
Categoria: Torta doce
Calorias: 331 por porção

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Saint Paulin

Olá, como vai você?
Um queijo de origem francesa...

Queijo Saint Paulin


O queijo Saint Paulin é de origem francesa, primeiramente produzido por monges trapistas. 
É um queijo de massa amarela, muito macia, untuosa e fechada, de sabor suave e sem acidez. Sua casca fina, amarelada, se forma com tratamento com água, salmoura e pequena dose de corante de urucum.

Formato: cilíndrico com peso de 600 a 1000 gramas;
Sabor: suave, sem acidez e suave aroma lático; 
Massa: crua (38ºC), textura compacta, sem olhos mecânicos ou lisos, massa amarelada, longa, flexível e de consistência macia. 

Fonte - http://www.queijosnobrasil.com.br/queijo-saint-paulin.html

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Cassata de Frutas

Cassata de frutas
Cassata de frutas: desmancha na boca


Ingredientes:

. 1 lata de leite condensado
. 8 ovos (gemas e claras separadas)
. 1 lata de pêssego em calda
. 1 lata de abacaxi em calda
. 1 pacote de biscoito tipo champanhe
. 8 colheres (sopa) de açúcar
. 1 lata de creme de leite

Para decorar:
Morangos frescos

Modo de preparo:

Misture o leite condensado com as gemas. Leve ao fogo baixo, mexendo sem parar, até formar um creme. Desligue e deixe esfriar. Escorra as frutas e reserve a calda. Corte o pêssego e o abacaxi em cubos e reserve. Distribua os biscoitos, lado a lado, em um refratário grande. Umedeça os biscoitos na calda das frutas. Espalhe o creme sobre os biscoitos e sobre ele distribua as frutas picadas. Bata as claras em neve e acrescente o açúcar aos poucos. Continue batendo até ficar firme e retire da batedeira. Adicione o creme de leite e misture delicadamente. Cubra as frutas e leve o refratário à geladeira por quatro horas. Sirva gelado decorado com os morangos.

Fonte-mdemulher.abril.com.br

Foto: Mario Piroli
Preparo: Demorado (acima de 45 minutos)
Rendimento: 10
Dificuldade: Fácil
Categoria: Pavê
Calorias: 444

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Queijo de Macaxeira






Ingredientes

    3 xícaras de purê de macaxeira

    1 xicara de polvilho azedo

    1 xícara de polvilho doce

    2 xícaras de água

    1/2 xícara de azeite

    Orégano e outras ervas a gosto

    1 cl. chá de sal

Instruções de preparo

Cozinha a macaxeira e panela de pressão até passar um pouco do ponto (a macaxeira deverá sair mole mas não desmanchando para ficar mais fácil de fazer o purê e ao mesmo tempo não perder toda a sua liga na água);

Você pode aproveitar as 2 xícaras da própria água do cozimento para a receita;

Acrescente as 3 xícaras de purê de macaxeira e os demais ingredientes no liquidificador e bata até obter uma consistência pastosa e homogênea;

Leve a mistura ao fogo médio por aproximadamente 5 minutos, de forma que a pasta torne-se um pouco mais consistente, não aguarde a fervura intensa;

Despeje a mistura em um recipiente onde possa tomar forma de "peça" de queijo (porta-mantimentos/depósito, recipiente reaproveitado de goiabada, pote de margarina, etc.) e leve a gaveta de extra-frios abaixo do congelador. Ao endurecer, o quejo estará pronto para desenformar.

Obs.: O ideal é que este queijo seja utilizado em receitas onde ainda possa ser aquecido mais  - como pizzas e sanduíches quentes - para que adquira a consistência elástica do queijo comum.

Obs.2: O uso de suco de limão, mostarda, pimentas e outras ervas fica ao critério de quem cozinha.
Fonte-http://www.menuvegano.com.br/article/show/735/queijo-de-macaxeira

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Pernil Assado com Shoyu e Frutas

Pernil assado com shoyu e frutas: tempero delicioso




Ingredientes:

. 5 kg de pernil
. 1 colher (chá) de cominho em pó
. 1 colher (chá) de pimenta-do-reino
. 2 litros de vinho branco
. 1 xícara (chá) de shoyu
. 2 cebolas grandes picadas grosseiramente
. 4 dentes de alho picados
. 3 cenouras cortadas em rodelas
. 4 folhas de louro
. 1 colher (chá) de orégano
. 1 xícara (chá) de caldo de carne
. 1 xícara (chá) de creme de leite
. Abacaxi, pêssego e cereja em calda para decorar
. Sal a gosto

Modo de preparo:

Limpe o pernil e tempere com o sal, o cominho e a pimenta-do-reino. Reserve. Em uma panela, coloque o vinho, o shoyu, a cebola, o alho, a cenoura, o louro, o orégano e o caldo de carne. Cozinhe em fogo baixo por dez minutos. Deixe esfriar e despeje esse molho sobre o pernil. Escorra o pernil e coloque-o em uma assadeira. Reserve o molho do tempero. Cubra a assadeira com papel-alumínio e asse o pernil por aproximadamente cinco horas, regando com o molho reservado. Passe o molho obtido para um liquidificador e acrescente o creme de leite. Bata até ficar homogêneo e leve ao fogo para reduzir. Sirva o pernil decorado com as frutas e o molho quente à parte.

Fonte-http://mdemulher.abril.com.br
Foto: Ormuzd Alves
Tipo de prato: Prato principal
Rendimento: 12 porções
Dificuldade: Fácil
Categoria: Carne
Calorias: 583 por porção

domingo, 16 de dezembro de 2012

Pecorino








Pecorino

Massa firme

Características: sabor intenso, ligeiramente salgado

Origem: Itália

Leite: ovelha

Sirva com/Combina com: “é um tipo de parmesão italiano de leite de ovelha usado em massas frescas e molhos. Também é indicado para ser ralado sobre as massas e combina bem com talharim com manjericão e talharim à carbonara”, indica Marcos

Fonte: Mireille Sauron, consultora de queijos do Pão de Açúcar; chef Alain Uzan; Marcos Madeiro, gerente comercial Brasil da Allfood; Carolina Duarte, nutricionista da Tirolez

Foto: Getty Images

sábado, 15 de dezembro de 2012

Alface

Alface



Alface é uma planta de horta utilizada por séculos na alimentação humana.

Apresenta grande variação com relação à forma, tamanhos, cores, textura, etc.

É amplamente utilizada na culinária para o preparo de saladas.

Possui período de safra de maio a novembro, época em que pode ser encontrada mais abundantemente.

Por possuir pouquíssimas calorias (15 calorias por 100 gramas), esta verdura pode ser consumida a vontade.

Seus mais variados tipos são facilmente encontrados em super mercados, feiras, sacolões, etc.

Dentre seus tipos estão: alface crespa, romana, mimosa, americana, alface repolho, etc.

Tipos de Alface

Possui as seguintes vitaminas: A, C e niacina.

É rica em sais minerais, tais como: cálcio, fósforo e ferro.


Fonte-http://www.suapesquisa.com

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Pernil com Molho de Maracujá e Farofa de Frutas

Pernil com molho de maracujá e farofa de frutas: incremente seu pernil


Ingredientes
.1 pernil de 2kg
.10 dentes de alho
.2 folhas de louro
.1 ramo de alecrim
.200 ml de vinho branco
.Sal e pimenta a gosto
.50g de margarina

Molho:

.200ml de suco de maracujá
.2 colheres (sopa) de mostarda
.2 colheres (sopa) de ketchup
.1/2 xícara (chá) de mel
.200g de castanha-do- pará triturada

Farofa:
.3 xícaras (chá) de farinha de milho em flocos
.200g de lingüiça picada
.200g de bacon picado
.½ pimentão vermelho picado
.½ pimentão verde picado
.1 cebola média picada
.4 figos em compota picados
.2 fatias de abacaxi em compota picadas
.Alecrim, sal e pimenta à gosto

Modo de preparo

No liquidificador bata o vinho, o alho, o louro, o alecrim, sal e pimenta e reserve. Coloque o pernil em um refratário, fure-o com uma faca e regue com o tempero reservado. Deixe marinar por aproximadamente 3 horas, na geladeira. Em seguida, transfira o pernil para uma assadeira forrada com papel alumínio, regue com o tempero e por cima distribua a margarina. Cubra a assadeira com papel alumínio e leve ao forno pré-aquecido 180ºC por aproximadamente 2 horas. Retire o papel alumínio e deixe dourar.

Molho:
Em uma panela coloque o suco de maracujá, a mostarda e o ketchup, e leve ao fogo, mexendo até levantar fervura. Em seguida acrescente o mel e cozinhe por mais alguns minutos. Reserve.

Farofa:
Em uma panela frite o bacon, adicione a lingüiça e deixe dourar. Em seguida acrescente a cebola, os pimentões e refogue. Desligue o fogo, acrescente as frutas, a farinha, e tempere com o alecrim, sal e pimenta.

Montagem:
Coloque o pernil em uma travessa, regue com o molho, polvilhe castanha-do-pará e sirva acompanhado da farofa

Fonte-http://mdemulher.abril.com.br
Conteúdo ANAMARIA
Foto: Alex Silva
Preparo: Demorado (acima de 45 minutos)
Rendimento: 8 porções
Dificuldade: Médio
Categoria: Carne
Calorias: 648 por porção

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Origem do Chá


bule-xicaras-aparelhos-de-cha-imagens-decoupage

Começando pela lenda...


Conta uma lenda chinesa que no ano 2737 a.C., o imperador Shen Nung descansava sob uma árvore 
quando algumas folhas caíram em uma vasilha de água que seus servos ferviam para beber. Atraído pelo aroma, Shen Nung provou o líquido e adorou. Nascia aí, o chá. É bem provável que essa história nem seja verdadeira, mas dá um ar romântico à origem de uma bebida conhecida mundialmente. Esta lenda é divulgada como a primeira referência à infusão das folhas de chá verde, provenientes da planta Camellia sinensis, originária da China e da Índia.

Torna-se ainda essencial acrescentar que, até a descoberta da ervas saudáveis e não venenosas, muitas pessoas morreram, tomando veneno puro, no intuito de encontrar uma vasta variedade de chás, com os mais diversos aromas e sabores. Daí, os historiadores considerarem que esta bebida envolve todo um processo de sabedoria, clareza, audácia e muita persistência.






Agora os fatos...

Na verdade, o primeiro registro escrito sobre o uso do chá data do século III a.C. O tratado de Lu Yu, conhecido como o primeiro tratado sobre chá com caráter técnico, escrito no séc. VIII, durante a dinastia Tang, definiu o papel da China como responsável pela introdução do chá no mundo.
No inicio do séc. IX, a cultura do chá foi introduzida no Japão por monges budistas que levaram da China algumas sementes. A cultura teve êxito e desenvolveu-se rapidamente. O chá experimentou nestes dois países - China e Japão - uma evolução extraordinária, abrangendo não só meio técnico e econômico, mas também os meios artísticos, poéticos, filosóficos e até religiosos. No Japão, por exemplo, o chá é protagonista de um cerimonial complexo e de grande significado.
A chegada do chá à Europa não foi rápida. As referências mais antigas que se encontram na literatura européia a respeito do chá são atribuídas a Marco Pólo, no relato da sua viagem, e ao português Gaspar da Cruz, que teria citado o chá numa carta dirigida ao seu soberano. Já a sua introdução no continente europeu ocorreu no início do séc. XVII, em função do comércio que então se estabelecia entre a Europa e o Oriente. Ao que parece, foram os holandeses que levaram pela primeira vez o chá à Europa, intensificando o seu comércio, mais tarde desenvolvido pelos ingleses.
Na Inglaterra, o seu consumo difundiu-se rapidamente, tornando-se uma bebida muito popular. Essa popularidade estendeu-se aos países com forte influência inglesa, primeiramente nos Estados Unidos, depois na Austrália e Canadá. Hoje, o chá é a bebida mais consumida em todo o mundo.


A origem do chá das cinco



A tradição começou no século XIX, com a duquesa de Bedford. Ela se queixava do vazio no estômago que sentia no final da tarde e, para enganar a fome, passou a tomar uma xícara de chá e fazer um pequeno lanche.
Isso se tornou um evento social. Até a rainha Vitória e suas damas de companhia incorporaram o hábito. Os corseletes saíram de moda e o chá virou rotina.
No hotel mais antigo de Londres, cerca de 500 chás da tarde são servidos por semana. Para beliscar tem sanduíche leve, acompanhado do melhor amigo do chá: os “scones”, simples ou com passas, feitos de farinha e servidos quentinhos. A tradição manda comer devagar e com bastante creme e geleia.
Os ingleses inventaram uma nova profissão por causa do famoso chá – o sommelier do chá. Uma espécie de sabe-tudo da bebida, como já existe com o vinho.
Rakesh é do Sri Lanka, um país que trocou as plantações de café pelo chá. Ele teve treinamento formal em Londres para distinguir os sabores e os aromas. Também aprendeu a servir a bebida no ponto certo.
imagensdecoupage.blogspot.com.br
g1.globo.com
asiashop.com.br
revista mulher moderna na cozinha-n 68-maio-2002

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Belo Horizonte-MG

Aniversário da Cidade - 12 de Dezembro.

bandeira Minas Gerais
Bandeira de Minas Gerais



Primeira cidade planejada do Brasil, Belo Horizonte se caracteriza pela efervescência cultural, qualidade de vida e a hospitalidade de seu povo. A arquitetura diversificada mescla o clássico e o contemporâneo, e confere uma atmosfera de metrópole, sem comprometer seu jeito mineiro. A capital de Minas Gerais é cercada pelas montanhas da Serra do Curral, que encanta pelo belíssimo horizonte e garante um clima agradável aos habitantes.

Beagá, como é chamada pelos mineiros, é considerada uma das melhores cidades para se fazer bons negócios, conciliados a momentos de lazer e diversão. A cidade possui uma infra-estrutura turística de qualidade, com uma grande rede de hotéis e restaurantes, prestação de serviços, espaços para eventos de todos os portes, e opções de badalação para os mais variados estilos, eleita nacionalmente a capital dos barzinhos.

Ao visitante o que não falta são lugares para se conhecer. Dentre os diversos pontos turísticos de Belo Horizonte está o complexo da Lagoa da Pampulha - projetado por Oscar Niemeyer, o Jardim Zoológico, o memorial da Imigração Japonesa e os estádios Mineirão e Mineirinho. Ressalta-se também o mercado central, a Praça do Papa e o parque das Mangabeiras, além da agradável Praça da Liberdade, composta de um belo conjunto arquitetônico que vai do eclético à arquitetura contemporânea.

Belo Horizonte está entre as cidades brasileiras que serão sede dos jogos da Copa do Mundo de 2014, e uma das sub-sedes dos Jogos Olímpicos de Verão de 2016. A moderna capital mineira que não para de crescer, mas que carrega em sua essência a tradição regional.
Estrada Real

A Estrada Real era o caminho trilhado pelos colonizadores durante o ciclo do ouro em Minas Gerais, por onde transportavam as riquezas e mercadorias até o Rio de Janeiro, capital da colônia na época. Com o objetivo de preservar e valorizar este patrimônio histórico-cultural, foi criado um projeto em 2001 transformando a estrada em atração turística. São 1.512 km formados por 177 municípios, sendo 162 em Minas Gerais, oito no Rio de Janeiro e sete em São Paulo. O percurso é composto de três caminhos- Caminho Velho, Caminho Novo e Rota dos Diamantes- que surgiram em momentos diferentes do período de exploração das pedras preciosas no Brasil.

Uma viagem que reúne diversas atrações como construções coloniais, igrejas, museus, reservas ecológicas, ecoturismo, esportes radicais e muitas surpresas pelo caminho. Seja a pé, a cavalo, de jipe ou bicicleta, vale a pena realizar esse roteiro de aventura pelas corredeiras de rios, cachoeiras, trilhas e matas fechadas, se deparando com vilarejos jamais imaginados, assim como faziam os bandeirantes e tropeiros. Conhecer a Estrada Real é reviver a história descobrindo lugares fascinantes.

Texto por: Fernanda Bueno (Equipe Visite Minas Gerais) 


Cidade de Belo Horizonte - Minas Gerais



Praça Raul Soares - Belo Horizonte - MG


Estádio Mineirão - Belo Horizonte - MG




Fonte http://www.visiteminasgerais.com.br/mg/estrada-real/

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Rabanada do Porto

Rabanada do Porto: para toda a família



Ingredientes

. 1 baguete
. 2 ovos batidos
. 2 xicaras (chá) de leite
. 1 litro de óleo
. 1 garrafa de vinho do Porto
. 1 xícara (chá) de açúcar
. Canela e açúcar a gosto para polvilhar

Modo de preparo

1. Corte a baguete em fatias com dois dedos de largura.

2. Bata ligeiramente os ovos com o leite.

3. Passe as fatias nessa mistura e frite, em seguida, em óleo bem quente.

4. Coloque para escorrer sobre um papel-toalha. Reserve.

5. Prepare a calda: Em uma panela, ponha o vinho e o açúcar.

6. Leve ao fogo baixo por 15 minutos e deixe reduzir.

7. Arrume as rabanadas em um prato, polvilhe canela e açúcar e regue com a calda.


Foto: Eduardo Delfim
Fonte-mdemulher.abril.com.br

Tipo de prato: Sobremesa
Preparo: Médio (de 30 a 45 minutos)
Rendimento: 20 porções
Dificuldade: Fácil
Categoria: Pão
Calorias: 180 por porção

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Bolo Amor aos Pedaços com Laranja

Olá, como vai?
Uma receita maravilhosa para você preparar para o seu amor, simplesmente saborosa!

Bolo Amor aos Pedaços com Laranja

 "Este bolo fica com uma massa fofa e, assim que sai do forno, é regado com suco de laranja e açúcar, que o deixa saborosamente irresistível.

Não só pelo nome, mas também pela textura e envolvência de sabores, este bolo, cortado aos pedaços, é uma bonita expressão de amor. Sirva-o no dia dos namorados, para assinalar o dia da mãe ou numa festa de aniversário. A sua delicadeza e sabor não deixarão ninguém indiferente…

Ingredientes:

Para o bolo

1 chávena de leite
1 chávena de manteiga
2 chávenas de açúcar
2 chávenas de farinha com fermento
4 ovos

Para a calda de laranja

1 chávena de açúcar
1 chávena de suco de laranja

Confecção:

Na batedeira elétrica, bata os ovos com o açúcar até obter um creme fofo.

Acrescente a manteiga, aos poucos.

Retire o preparado da batedeira e acrescente a farinha, alternada com o leite, envolvendo entre cada adição.

Deite a massa numa forma baixa, untada e polvilhada com farinha, e leve a cozer, em forno moderado, cerca de 30 minutos, até que a superfície esteja bem corada.

Misture o açúcar e o suco de laranja da cobertura e espalhe sobre o bolo, assim que sair do forno.

Deixe arrefecer e corte o bolo em pedaços".

Fonte - http://www.docesregionais.com/bolo-amor-aos-pedacos-com-laranja/

Bolo de São Nicolau

Olá, como vai?
Na Alemanha, a quadra natalícia começa no dia 6 de dezembro, dia de São Nicolau. Nesse dia, o santo dá às crianças doces e outras guloseimas e é também nessa altura que são entregues cartas com pedidos de presentes de Natal. Os alemães são famosos pela sua doçaria de Natal, sendo este bolo uma das receitas tradicionais desta época festiva.

Bolo de S. Nicolau (Alemanha)
Bolo de São Nicolau

Ingredientes:

1 colher (chá) de essência de amêndoa
12 colheres (sopa) de água
150 g de amêndoa moída
2 colheres (chá) de canela em pó
2 colheres (chá) de essência de baunilha
2 colheres (chá) de raspa de limão
20 g de manteiga
250 g de mel
3 colheres (chá) de fermento em pó
3 colheres (sopa) de cacau em pó
300 g de farinha
4 colheres (sopa) de casca de limão cristalizada
geleia de amêndoa p/ a cobertura

Confeção:

Misture a farinha, o fermento, as amêndoas, a casca de limão, o cacau, a baunilha, a raspa de limão e a essência de amêndoa.

Leve ao lume o açúcar, o mel e a água, mexendo bem para não deixar queimar. Deixe ferver durante 5 minutos e depois junte os restantes ingredientes, utilizando uma colher de pau.

Ponha a massa num tabuleiro untado e polvilhado.

Leve ao forno a cozer durante 20 minutos. Passado esse tempo, retire para salpicar com amêndoas e leve a cozer mais 5 minutos.

Quando ficar pronto, cubra o bolo com geleia de amêndoa e corte aos quadrados.

NOTA:

Poderá comprar a casca de limão cristalizada ou cristalizá-la em casa, passando-a por açúcar, numa frigideira em lume brando.

Foto retirada de www.ideiasereceitas.com
Fonte - http://www.docesregionais.com/bolo-de-s-nicolau-alemanha/#more-3682

Bolo de Frutas Secas


Você vai precisar de açúcar demerara
Serve até oito pessoas o bolo de frutas secas do The Gourmet Tea feito com chá de laranja e canela.





Bolo de frutas secas para fazer no Natal

Ingredientes para a massa:
90g de farinha de trigo
35g de farinha de trigo integral  
1 cenoura grande ou 2 médias (cerca de 90g)
185g de açúcar mascavo
1 colher (chá) de canela em pó
2 colheres (sopa) de chá de laranja com canela
90g de uvas-passas
70g castanha-do-pará
4 colheres de sopa de coco ralado
2 ovos orgânicos
100g de manteiga ou óleo de coco
1/2 colher de sobremesa de fermento químico
1 pitada de sal

Ingredientes para a cobertura:
150g de cream cheese ou requeijão de qualidade
80g de açúcar demerara
1 colher (sobremesa) de suco de limão
1 colher (sopa) de manteiga sem sal

Modo de preparo:
Deixe a uva-passa de molho na água por 1 hora e triture o chá em um processador até ele virar um pó. Reverse. Pique a castanha-do-pará e toste-a até ficar douradinha em uma frigideira e reserve. Rale a cenoura em um recipiente e adicione o açúcar, a farinha, a canela, o chá e o óleo de coco e mexa bem. Adicione a uva-passa, a castanha e o ovo, misturando bastante e sem parar. Por último, adicione a manteiga derretida (sem estar quente). Asse em forno pré-aquecido por 40 minutos ou até um palitinho sair limpo. Na batedeira com o globo ou com um batedor misture bem os ingredientes da cobertura e espalhe por cima do bolo frio. 
Foto: Tadeu Brunelli
Fonte-http://gnt.globo.com